Bate-papo sobre Design Thinking promove troca de experiências

11251717_898747796858207_1652667248_nNeusa Baptista
Comunicação/ MT Criativo

A união entre a intuição e a lógica para a resolução de problemas. Esta é uma das características do Design Thinking, abordagem utilizada, entre outras coisas, na gestão de negócios, e que foi detalhada pelos consultores Joana Resende e Luis Pita, em bate-papo realizado na tarde desta quinta (14).

A atividade faz parte do calendário de formação do MT Criativo, escritório de incentivo à economia criativa ligado à Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer de Mato Grosso (Secel-MT).

Além de apresentar o conceito de Design Thinking como ferramenta de trabalho na gestão de negócios e criação de ideias e produtos, eles também apresentaram alguns dos exemplos da utilização desta abordagem no atendimento aos clientes do estúdio de inovação Supernova, do qual são proprietários.

11123555_898747926858194_508813104_n

A necessidade de ter a inovação como pilar do negócio foi um dos temas tratados no encontro. Joana Resende salientou que se prender a velhos padrões e não inovar é tão a arriscado quanto inovar. E destacou a importância de se aprofundar em métodos de trabalho que permitam a construção colaborativa, como é o caso do Design Thinking. “Esta proposta promove um processo criativo que não se atém a hierarquias dentro da empresa. Num ambiente livre de hierarquias, as pessoas podem ter insights diferenciados”, comentou ela, ressaltando que a abordagem do Design Thinking permite a união entre a arte e a ciência, a intuição e a lógica para dar origem a produtos ou serviços tecnicamente possíveis, desejáveis para as pessoas e rentáveis para os negócios.

ok2
O bate-papo atraiu cerca de 30 profissionais das mais diversas áreas, a maioria delas ligadas à produção de moda e à comunicação social. O estudante de radialismo Rodrigo Müssnich buscou a capacitação a fim de auxiliar na formatação de um coletivo cultural que está se formando na UFMT. “Sou produtor cultural iniciante e toda formação é bem vinda. Quero agregar conhecimento, ter ferramentas para dar início a este coletivo, que é formado por alunos da universidade e cujo objetivo é promover ações culturais voltadas a este público”, disse.
Entre os participantes estavam também a produtora cultural Ana Cláudia Simas e o jornalista Bruno Pini, sócios de um estúdio fotográfico, que já conheciam o Design Thinking, tendo inclusive lido o livro “Design Thinking”, de Tim Brown. “Sempre me interessei por este tema, busquei formação sobre isso, já li livros e artigos. Esta é mais uma oportunidade de investir em conhecimento para auxiliar na construção de novas ideias”.

Ligada à cultura tradicional, a figurinista Creuza da Costa Silva é uma das mais participativas nas capacitações oferecidas pelo MT Criativo. “Recebi consultoria, participei de vários cursos, como o de elaboração de projetos, e é sempre bom estar se qualificando, ainda mais quando queremos investir no nosso próprio negócio, como é o meu caso”.

Nos dias 19 e 20, das 14 h. às 17 h., o MT Criativo oferece o mini-curso “Introdução à Produção Cultural: Eventos Culturais e Artísticos”, com a produtora cultural Paula Naves, uma das principais profissionais atuantes no mercado cuiabano.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s